Congresso Estadual debate Turismo como vetor de desenvolvimento econômico

Congresso Estadual debate Turismo como vetor de desenvolvimento econômico

26 de junho de 2024 0 Por Francisco Avelino

Sexta edição começou nesta terça-feira (25) e terá diversos painéis sobre turismo e negócios

Fotos: Elsson Campos

FacebookTwitterLinkedInWhatsAppCopy Link

A Prefeitura de Maricá, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) e das Secretarias de Turismo e Promoção e Projetos Especiais, está apoiando o 6º Congresso Estadual Empresarial de Turismo, que teve início nesta terça-feira (25) no Espaço de Eventos ao lado do Aeroporto de Maricá, em Araçatiba. Uma extensa programação, que terá diversos painéis, será apresentada para compartilhar informações para o trade turístico local.

O evento é voltado para hotéis, pousadas, restaurantes, atrativos turísticos, artesanato e transporte. O congresso é promovido pela Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Rio de Janeiro (FC&VB-RJ), que desde 2018 opera o Plano Municipal de Desenvolvimento Turístico Sustentável, batizado de “Plano Maricá 2030”. Vale frisar que o turismo movimenta toda uma cadeia produtiva, beneficiando diretamente comércio, hotelaria, artesanato, eventos, alimentação e o setor de serviços.

“Temos uma parceria exitosa com a FC&VB-RJ. É um trabalho muito importante que é realizado. O prefeito Fabiano Horta sempre orientou para que a Codemar entenda o turismo como uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento econômico de Maricá. Apoiar, fomentar e incentivar o turismo é construir a economia do futuro. É um prazer receber esse congresso na nossa cidade. Espero que possamos debater e conhecer novas experiências nesses dias”, disse Hamilton Lacerda, presidente da Codemar, que recebeu o título de Embaixador de Turismo do Estado do Rio de Janeiro.

Durante os dois dias de congresso, serão abordados temas como “Estado do Rio sendo destino certo para turistas estrangeiros”, “Turismo segmentado – O produto certo para a Persona certa: Como falar e vender para o cliente atual”, MICE – Como captar eventos e gerar mais negócios”, entre outros. O evento conta com Feira de Destinos, Feira de Artesanato, Polo Gastronômico, entre outras atrações.

“Estamos vendo, nos últimos eventos, o trade turístico tomando posse do que é seu de direito. Aqui em Maricá temos o poder público fomentando e desenvolvendo o turismo na nossa cidade”, destacou o secretário de Turismo Thiago Medina, que representou Fabiano Horta ao receber o título de Embaixador do Turismo no Estado em nome do prefeito.

Logo após a cerimônia de abertura, Maricá foi destaque com o debate do Rock in Rio Maraey Resort, empreendimento privado que está previsto para ser construído na Restinga. Na quarta-feira (26), o presidente da Codemar Hamilton Lacerda terá, às 11h50, um painel para falar sobre Turismo e Desenvolvimento Econômico.

Após o almoço, o presidente do Maricá Convention & Visitors Bureau (C&VB) Paulo Santos participa de um painel que irá debater as Experiências Exitosas dos C&VBx. O último painel do dia vai falar justamente sobre o Plano Maricá 2030, com um painel batizado como “Inovação Nacional de Fomento para o Turismo – Case Projeto Maricá 2030”, e será ministrado por Jorge Gonçalves, advogado especialista em fomento.

“A FC&VB-RJ é parceira, há muito tempo, nesse trabalho do Plano Maricá 2030. Acho que esse projeto foi um divisor de águas no trabalho de promoção da cidade. Esse trabalho que a gente faz junto com a Codemar e Secretaria de Turismo, foi um marco. A gente tem a promoção antes e depois do Maricá 2030”, disse a secretária de Promoção e Projetos Especiais, Julia Britto.

O presidente da FC&VB-RJ, Guilherme Braga de Abreu, falou sobre a escolha do município para sediar o evento, que já passou por outras importantes cidades turísticas do estado em edições anteriores – como Macaé, Cabo Frio e Búzios, todas na Costa do Sol e categoria A no Mapa do Turismo Brasileiro (atualmente, Maricá é categoria C).

“É uma satisfação enorme realizar esse congresso em Maricá. Trabalhar lado a lado do poder público é prazeroso. Há a vontade política aqui de se gerar emprego e renda. Estamos vendo o quanto a cidade evoluiu no trade turístico nos últimos anos com o Plano Maricá 2030”, ressaltou.

Para Marco Navega, presidente do Conselho de Desenvolvimento do Turismo (Condetur) na Região Costa do Sol, Maricá é uma cidade com grande potencial de centralizar o fluxo turístico, agindo como grande porta de entrada de visitantes para o município e demais cidades.

“Maricá tem produto turístico e está, cada vez mais, consolidando os produtos existentes. A cidade, hoje, é a porta de entrada da Costa do Sol e do Geoparque Costões e Lagunas do Estado do Rio de Janeiro. O município é a cara de uma região turística de excelência. A Costa do Sol é uma região riquíssima com seus 13 municípios e Maricá é a essência disso”, acredita Navega.

Momento de aprendizado

Alberto Matrilhas, presidente da Associação de Guias de Turismo de Maricá (AGM), acredita que a realização do evento na cidade é uma grande possibilidade de qualificar o trade turístico, de forma a melhor atender os visitantes.

“Esse congresso reúne todo o trade turístico do Estado, um network incrível. Ele estar acontecendo aqui é muito gratificante para Maricá e para todo o trade turístico local – onde a AGM se enquadra. Cada pessoa que chega aqui para conversar conosco, para dialogar, para pedir uma opinião, uma informação sobre o turismo, a gente tem um aprendizado, aprendemos uma coisa nova”, acredita o presidente da AGM.

Já Paulo Santos, presidente do Maricá C&VB, lembrou que é uma oportunidade de mostrar que a indústria na cidade está preparada para receber melhor o turista que escolha curtir as belezas e atrativos maricaenses.

“Maricá passa por um processo de desenvolvimento muito forte nesses últimos seis anos de existência do nosso Convention & Visitors Bureau. O 6º Congresso Estadual Empresarial de Turismo representa, para o maricaense, um trabalho que mudou a lógica do turismo. O Governo Municipal está fazendo um trabalho muito bacana, direcionando o município em um processo de sustentabilidade e turismo. Sabemos a importância dessa cadeia de negócios”, pontuou.

O presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Marcelo Freixo, não pode participar, mas enviou um vídeo reproduzido durante a solenidade. Estiveram presentes, ainda, Alexandre Inácio, representando a TurisRio; o secretário de Cultura, Leandro Dasilva; representantes da sociedade civil, como o presidente da Rota Maricá – Gastronomia e Hotelaria, Alexandre Pietrobom; além de delegações de Angra dos Reis, Búzios, Cabo Frio, Guapimirim, Macaé, Madalena, Nova Friburgo, Paraty, Petrópolis, Rio das Ostras, Rio de Janeiro, Teresópolis, Vale do Café, e Visconde de Mauá.

A programação completa do 6º Congresso Estadual Empresarial de Turismo pode ser acessada no site www.fcvbrj.org.br. O evento conta com o apoio da Prefeitura de Maricá por meio da Codemar e das Secretarias de Turismo e de Promoção e Projetos Especiais, Governo do Estado do Rio de Janeiro por meio da TurisRio, Equipotel, além do apoio técnico do Visit Rio e parcerias de mídia – InterTv e Mercado & Eventos.