Prefeitura distribui abóboras sem agrotóxicos à população na Praça do Turismo

17 de setembro de 2021 0 Por Francisco Avelino

Legumes são parte da colheita de 10 toneladas feita na Fazenda Pública na última quarta, 15/09

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, distribuiu nesta sexta-feira (17/09) 42 caixas de abóboras à população na Praça Conselheiro Macedo Soares (Praça do Turismo), no Centro. Os legumes fazem parte da colheita de dez toneladas realizada na quarta-feira (15/09), na Fazenda Pública Joaquín Piñero (Espraiado), e serão entregues em outros bairros posteriormente.

O vice-prefeito de Maricá, Diego Zeidan, afirmou que esse tipo de iniciativa garante refeições saudáveis aos moradores em meio às dificuldades trazidas pela Covid-19, além de fomentar valores agroecológicos.

“Vivemos um momento de aumento da fome e do desemprego em boa parte do Brasil, mas aqui em Maricá distribuímos alimentos à população. Através disso, garantimos a soberania alimentar e refeições saudáveis a todos. Isso é parte do nosso objetivo, fazendo da nossa Fazenda Pública uma grande escola de agroecologia para as pessoas aprenderem a plantar em casa, sem agrotóxicos”, ressaltou o vice-prefeito.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Julio Carolino, destacou a boa recepção dos moradores às distribuições e o respeito aos protocolos sanitários.

“É gratificante e emocionante participar de mais uma distribuição de abóboras. Esse produto simboliza a agroecologia, a produção sem agrotóxicos, algo que é acolhido pela população com todo o carinho e faz de Maricá uma referência. Todos estão aqui respeitando os protocolos sanitários, prontos para receber um produto público que vai direto para a mesa dos maricaenses”, reforçou.

População aprova a entrega de abóboras

Os maricaenses que compareceram à Praça do Turismo demonstraram satisfação em levar para casa abóboras que serão incluídas nas refeições diárias. A técnica de enfermagem Vanessa Machado, de 41 anos, moradora do Caju, foi receber o vegetal, junto ao filho, incentivando a mãe a não perder a entrega.

“Acho essa iniciativa maravilhosa. Muitos estão precisando desse auxílio na alimentação e utilizarei a abóbora já hoje, no almoço, preparada com carne seca. Meu filho estava ansioso para vir à distribuição e quando chegou ao horário ele já me chamou para vir até aqui, o que é muito bacana”, pontuou.

A dona de casa Márcia Cristina Nunes, de 49 anos, moradora da Gamboa, garante que os legumes entregues têm um papel importante para as famílias e farão parte de várias receitas.

“Essa é uma ajuda maravilhosa e que é essencial para muitas famílias vulneráveis. As abóboras que recebi hoje farão muito sucesso lá em casa, fazendo parte de receitas variadas como suflê, sopa e doce com coco. Tudo uma delícia e aproveitando bastante a abóbora”, completou.

Alimentação saudável por todo o município

Além das entregas à população em diversos pontos da cidade, as abóboras recolhidas na Fazenda Pública Joaquín Piñero são distribuídas também às escolas da rede municipal, instituições de assistência locais e para as refeições oferecidas no Restaurante Municipal Mauro Alemão, em Inoã.