Itaboraí: Prefeito Marcelo Delaroli exige cumprimento do decreto municipal e Detro paralisa operação que era feita nas vans da cidade

Itaboraí: Prefeito Marcelo Delaroli exige cumprimento do decreto municipal e Detro paralisa operação que era feita nas vans da cidade

8 de março de 2021 0 Por Poliana Esteves

Mesmo com a nova determinação que confere atribuição exclusiva à Secretaria Municipal de Transporte (SEMTRANS) na fiscalização de modais de transporte público de passageiros irregular, o prefeito de Itaboraí, Marcelo Delaroli, teve de intervir e paralisar uma operação do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado (Detro/RJ) que acontecia na Avenida 22 de Maio, no Centro, na manhã desta segunda-feira (08/03). 

Acompanhado de secretários municipais, o prefeito lutou pelo direito de trabalhar dos motoristas do transporte alternativo e levou a demanda para a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Itaboraí (71ª DP).

Na distrital, Delaroli ouviu representantes do Detro/RJ e argumentou, com base no decreto, a competência pela fiscalização dos modais.

“Toda a fiscalização dos transportes públicos será realizada inteiramente pelo município, sem interferência do Detro. As vans foram marginalizadas pelas gestões passadas, mas não vou descansar até que esse transporte volte a circular regularmente na cidade, sendo fiscalizadas da forma correta pela Prefeitura.

Publicada no Diário Oficial da última sexta-feira (05/03), o decreto assinado pelo prefeito proíbe a realização de operação de fiscalização de transportes públicos por quaisquer outros órgãos dos demais entes federados nas vias e rodovias municipais de Itaboraí. A medida considera, entre outros argumentos, o término da vigência do convênio de cooperação celebrado com o DETRO/RJ.