Recém-nascido é encontrado morto com sinais de mutilação em Itaboraí

Recém-nascido é encontrado morto com sinais de mutilação em Itaboraí

10 de agosto de 2021 0 Por Francisco Avelino

Uma mulher, acusada de envolvimento na morte de um recém-nascido, de aproximadamente seis meses de gestação, foi detida na manhã desta terça-feira (10), no bairro Ampliação, em Itaboraí.

A ação foi realizada por agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG).

Segundo a Polícia Militar (PM), policiais receberam uma denúncia dando conta que havia um corpo abandonado nos fundos de uma casa na Rua Manoel Lopes de Oliveira. Os militares foram até o local e encontraram um feto, que estava sem os membros ao lado. O feto ainda estava com a placenta.

Ainda segundo a polícia, apesar da presença de animais no entorno do corpo que pode ter sido responsáveis pela retirada dos membros, a hipótese de mutilação não está descartada.

De acordo com a Polícia Civil, uma mulher que estava com marcas de sangue foi localizada no interior da residência. Ela relatou para os agentes que durante a madrugada de hoje, havia sentido dores resultantes da gravidez, mas que não sabia o que havia acontecido. Ela foi conduzida para o Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), no bairro Fonseca, na Zona Norte de Niterói.

Até o início da tarde de hoje, a mulher ainda estava em atendimento na unidade de saúde. Após ser liberada, ela irá prestar depoimento na DHNSG que investiga o caso.