Maricá tem saldo positivo de empregos, segundo Caged

Maricá tem saldo positivo de empregos, segundo Caged

4 de julho de 2021 0 Por Francisco Avelino

As políticas de apoio socioeconômico implementadas no município pela Prefeitura de Maricá como enfrentamento aos transtornos econômicos provocados pela pandemia da Covid-19, continuam trazendo reflexos positivos nos números a partir de novas vagas formais criadas.

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta semana pelo Ministério da Economia, a cidade obteve saldo positivo de 899 novas vagas formais de trabalho registradas no mês de maio, com 1.384 admissões e 485 demissões. Trata-se de um dos melhores índices já registrados pela cidade desde o início do acompanhamento da série histórica. Vale destacar que a cidade fechou 2020 com 7% a mais em crescimento positivo. 

No acumulado dos últimos 12 meses, o resultado também é expressivo: entre maio de 2020 e abril deste ano, período de crise econômica aguda quando milhares de vagas e empreendimentos foram fechados, Maricá somou 2.651 postos de trabalho a mais, numa variação relativa de 15,45%.

“Os números reforçam a importância de todos os programas econômicos executados no município. Conseguimos proteger cada setor da sociedade fazendo com que a ciranda da economia continuasse girando e, consequentemente, conseguimos que empregos fossem protegidos e criados mesmo durante a pandemia”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos, Igor Sardinha. 

Inserida neste contexto de ter novas oportunidades criadas graças aos programas de suporte econômico está a auxiliar de serviços gerais Sônia de Castro Ferreira, de 55 anos. Após se ver obrigada a ter de fechar seu pequeno restaurante por falta de clientes em razão do isolamento social como medida de contenção do avanço do vírus e não conseguir mais pagar o aluguel, ela obteve uma nova oportunidade em uma pousada no centro da cidade. 

“Se não fosse esse emprego, estaria em uma situação bem difícil igual a muitos que estão por aí que não tiveram a oportunidade de ter uma pessoa que me abraçou nesse momento difícil”, disse a funcionária contratada há quatro meses. 

O levantamento do Caged apontou que o município de Maricá possui uma variação média mensal superior aos números do Brasil, da Região Sudeste e do Estado do Rio de Janeiro. Considerando somente os cinco primeiros meses de 2021, bem como nos últimos 12 meses, Maricá possui a melhor variação relativa nos municípios acima de 100 mil habitantes no Estado do Rio de Janeiro. 

Comparando a realidade dos municípios vizinhos, a cidade segue em uma posição privilegiada com uma variação relativa nove vezes maior do que Niterói e São Gonçalo e 15 vezes maior do que Saquarema, nos primeiros cinco meses do ano. Já o município de Itaboraí teve uma variação negativa de – 0,4%, o que deixa a região em sinal de alerta.