Colégio Pedro II pode paralisar atividades em setembro por falta de verba

Colégio Pedro II pode paralisar atividades em setembro por falta de verba

1 de junho de 2021 0 Por Poliana Esteves

Segundo o CPII, um bloqueio feito pelo Ministério da Educação (MEC) de mais de R$ 7 milhões do orçamento destinado às despesas de manutenção pode comprometer o funcionamento da instituição

O Colégio Pedro II (CPII), uma das instituições de ensino mais importantes do Brasil, é mais uma organização pública de ensino da Rede Federal que está sendo severamente impactada pela falta de investimentos, podendo fechar as portas caso não receba investimentos do Governo.

Segundo o colégio, um bloqueio efetuado pelo Ministério da Educação (MEC) de mais de R$ 7 milhões do orçamento destinado às despesas de manutenção pode comprometer o funcionamento da instituição, que terá dificuldades para continuar com suas atividades, a partir de setembro.

“A partir de setembro, com o orçamento na ordem em que está, teremos dificuldades para honrar com os compromissos já assumidos. Esse cenário compromete muito os investimentos necessários para a continuidade do ano letivo e para o funcionamento e a manutenção da instituição”, declarou Oscar Halac, reitor do CPII.

A administração da instituição conta que houve uma redução de, aproximadamente, 3,5% em seu orçamento de custeio, que tinha previsão de R$ 40.710.407,00 e caiu para R$39.313.375,00. Após o corte, o MEC ainda anunciou um bloqueio de 18,13% do orçamento de custeio, que representa R$ 7.128.795,00 do valor destinado ao pagamento de serviços continuados, como limpeza e vigilância, contas de água, luz, telefone e internet, compra de materiais de consumo e realização de obras de conservação.