Maricá ganha mais quatro equipes multiprofissionais de Atenção Psicossocial

Maricá ganha mais quatro equipes multiprofissionais de Atenção Psicossocial

22 de abril de 2021 0 Por Francisco Avelino

A Secretaria de Saúde de Maricá acaba de implantar quatro Equipes Multiprofissionais de Atenção Psicossocial (EMAP) compostas por psicólogo, assistente social, psiquiatra e terapeuta ocupacional. Elas estão organizadas por distrito e têm o objetivo de fortalecer o trabalho em rede e reorganizar a assistência em Saúde Mental nas regiões próximas à residência dos usuários. Baseadas em USF dos quatro distritos, prestarão assistência às pessoas em sofrimentos psíquicos considerados como moderados, fornecendo atenção multiprofissional.

As quatro novas equipes ficarão baseadas nos quatro distritos de Maricá, sendo: 1º Distrito: no Posto de Saúde Central; 4º Distrito: na USF Jardim Atlântico; 3º Distrito:na USF Inoã I; 2º Distrito: polo na USF Marinelândia (Cordeirinho). A porta de entrada é sempre a equipe de Saúde da Família e Atenção em Saúde (SURAS) ou através do e-mail maricasaudemental79@gmail.com.

Para ser atendido o usuário deverá procurar a Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima de sua residência. Caso ela não possua cadastro, é necessário levar comprovante de residência e cartão do SUS para realizar o cadastro na unidade. Para ser atendido pelas equipes multi a pessoa deverá antes ser acolhida pela Estratégia de Saúde da Família ou Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), que encaminhará para o atendimento da equipe multi. Dúvidas podem ser sanadas junto à Gerência de Saúde Mental na Subsecretaria de Redes de Atenção em Saúde (SURAS) ou através do e-mail maricasaudemental79@gmail.com.

A subsecretária de Saúde, Solange Oliveira, destaca o público-alvo das novas equipes: “Todas as faixas que estejam em sofrimento psíquico considerados moderados, e não exijam a intensidade da atenção prestada nos Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)”, esclarece.

A coordenadora da Atenção Primária à Saúde da Secretaria de Saúde de Maricá, Shirley Linhares, explica quais as competências das equipes: “Ampliar o acesso à Assistência saúde mental para pessoas em sofrimento psíquico considerados moderados; prestar assistência multiprofissional encaminhado pela Atenção Primária; e trabalhar de maneira integrada com outros pontos de Atenção das Redes do SUS”, finaliza.