Secretários de Saúde pedem toque de recolher nacional

Secretários de Saúde pedem toque de recolher nacional

1 de março de 2021 0 Por Poliana Esteves

O presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Lula, divulgou nesta segunda-feira (1) uma carta com sugestões de medidas urgentes contra o iminente colapso das redes pública e privada de saúde diante do aumento dos casos de Covid-19 no Brasil.

Entidades que representa todos os secretários de saúde de todos os estados divulgou numa carta na qual lista uma série de medidas urgentes que precisam ser adotadas para evitar caos na rede pública e privada na saúde de todo o país.

A carta foi divulgada no momento em que o país bate recordes consecutivos de mortes e casos, e dias depois de o presidente Jair Bolsonaro ter criticado o uso de máscaras, ter provocado aglomerações e ameaçado governadores com corte de repasse de verbas no caso de adoção de medidas mais severas contra a circulação de pessoas.

A carta diz que o Brasil vive pior momento da pandemia, com patamares altos em todas as regiões, que falta condução nacional unificada e coerente da reação à pandemia, que é preciso proibir eventos presenciais, inclusive atividades religiosas, suspender aulas presenciais em todo o país, adotar toque de recolher nacional, pede o fechamento de bares e praias, que ampliem as testagens e acompanhamento dos infectados e que é preciso criar um Plano Nacional de Comunicação para esclarecer a população da gravidade da situação