Educação SG inicia 2021 com testagem de profissionais em São Gonçalo-RJ

Educação SG inicia 2021 com testagem de profissionais em São Gonçalo-RJ

4 de janeiro de 2021 0 Por Francisco Avelino

Foto: Divulgação

Ação, em parceria com a Secretaria de Saúde, testou mais de 100 funcionários da pasta

O combate ao novo coronavírus marca o tom do primeiro dia útil da gestão de Capitão Nelson na Prefeitura de São Gonçalo. Em parceria com a Secretaria de Saúde, a Secretaria de Educação realizou, nesta segunda-feira (04), a testagem rápida de covid-19 em 105 funcionários que trabalham na sede da pasta, no Mutondo, e que não estão no grupo de risco. A ação marcou o retorno desses profissionais ao trabalho, enquanto os trabalhadores da Educação que se enquadram no grupo de risco da doença continuam em sistema de home office. 

“Quando assumimos a secretaria, vimos a necessidade de retornar com as pessoas que não são do grupo de risco para que seja possível dar continuidade ao trabalho. Então, o que elaboramos de ação no primeiro momento, junto com a Secretaria de Saúde, foi disponibilizar testes rápidos para que essas 105 pessoas que estão retornando ao trabalho na Secretaria de Educação possam começar com segurança. Os identificados com a covid-19 serão orientados e retornarão para isolamento em suas residências. Os demais iniciam as atividades”, explicou a secretária de Educação, Lícia Damasceno, reforçando a orientação para o uso de máscara e a disponibilidade de álcool em gel pelas dependências da secretaria. 

Funcionária da Educação de São Gonçalo desde 2014, a coordenadora das ações pedagógicas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), Thais Vianna, foi uma das pessoas testadas neste retorno ao trabalho. De acordo com ela, a testagem é uma medida preventiva para iniciar o governo de 2021, gerando mais segurança para que os profissionais retornem ao trabalho com mais tranquilidade, além de contribuir para evitar o aumento do número de casos de infecção por coronavírus em São Gonçalo. 

“Essa ação de início de trabalho é fundamental, mas vamos fazer um acompanhamento para dar sequência ao trabalho”, enfatizou Thais Vianna. 

Uma equipe de saúde foi disponibilizada para realizar a testagem dos funcionários, seguindo todos os protocolos de segurança. A ação foi acompanhada pela coordenadora regional de Atenção Básica, Vilma Elena Xavier.

“A intenção de fazer essa testagem é que muitos casos são assintomáticos e, detectando esses indivíduos, já é possível realizar o isolamento. É uma medida muito importante para evitar a transmissão da covid-19”, alertou a coordenadora.

Ampliação de leitos – O prefeito de São Gonçalo, Capitão Nelson, determinou ao secretário de Saúde e Defesa Civil, Dr. André Vargas, a ampliação do número de leitos para pacientes de covid-19 no município. Ao todo, a Prefeitura vai priorizar as ações para abrir até 60 novas vagas até o final deste mês: 20 vagas para o Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças (Hospital das Freiras), na Lagoinha, e 40 para o Hospital de Retaguarda Gonçalense (antigo Menino Deus), no Centro. As duas unidades, que são referência para casos do novo coronavírus, foram vistoriadas pelo prefeito na manhã de sábado (2).