Mulher que assassinou turista é presa 11 anos após o crime em São Gonçalo

Mulher que assassinou turista é presa 11 anos após o crime em São Gonçalo

11 de julho de 2020 0 Por Francisco Avelino

Foto Divulgação

Uma mulher que estava foragida desde 2009 foi presa na manhã desta sexta-feira (10) na localidade do Barro Vermelho, em São Gonçalo.

Segundo informações da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI), a mulher identificada como Ariana Gualberto Lessa assassinou a tiros o turista suíço Gilberto Hirschi, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.

Na época do crime, Gilberto tinha 63 anos e era namorado de uma garota de programa que planejou o assassinato do suíço junto à Ariana. Elas teriam simulado um assalto ao casal e o suíço, que não sabia que estava sendo seguido pela amiga da companheira reagiu usando o spray de pimenta e foi alvejado com tiros disparados pela foragida dentro da própria casa.

Ariana foi presa pelo crime de latrocínio e deve ser transferida para uma penitenciária onde cumprirá a pena.