Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em SP

Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, é preso em SP

18 de junho de 2020 0 Por Natalia Aguiar

No início da manhã desta quinta-feira (18), Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro, foi preso em Atibaia, interior de São Paulo, na casa que pertence a Frederick Wasseff, advogado da família Bolsonaro. 

A prisão foi determinada pela Justiça do Rio de Janeiro, como parte do desdobramento da investigação que apura esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). 

Queiroz que é policial reformado, trabalhou como motorista e assessor do então deputado estadual, Flávio Bolsonaro, e movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. Ele também recebeu transferências em sua conta de sete servidores que passaram pelo gabinete de Flávio. 

Essa investigação faz parte de um relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), que apontou operações bancárias suspeitas de 74 servidores e ex-servidores da Alerj. Recursos usados para pagar funcionários na Alerj voltavam para os próprios deputados estaduais. 

A prisão de Fabrício Queiroz é preventiva e ele deve ser levado ainda hoje para o Rio de Janeiro.