Sambista Claudinho Guimarães morre vítima de infarto

Sambista Claudinho Guimarães morre vítima de infarto

15 de junho de 2020 0 Por Natalia Aguiar

Na noite deste domingo (14), o mundo do samba perdeu um dos seus principais nomes, o músico, compositor e sambista Claudinho Guimarães faleceu devido a um infarto fulminante. Ele chegou a ser atendido em um Posto de Saúde no Jardim Atlântico, em Itaipuaçu, mas não resistiu.

Claudinho era um grande compositor e tinha sucessos gravados por nomes famosos como Zeca Pagodinho com: “Quando a Gira Girou”, “Lá vai Marola” e Shopping Móvel”; Alcione “Mangueira é Mãe”; além de Beth Carvalho, Leandro Sapucahy e Diogo Nogueira com a música “Da Melhor Qualidade”. Em uma live apresentada neste domingo, o cantor Diogo Nogueira prestou uma homenagem a Claudinho Guimarães cantando a música “Quando a Gira Girou”.

O último show do artista foi na celebração do aniversário de 206 anos de Maricá, em uma live na qual interpretou seus grandes sucessos, além de cantar um composição especial para homenagear quem trabalha na linha de frente ao combate da Covid-19.

Foto: Francisco Avelino

Claudinho foi enterrado nesta segunda-feira (15) no cemitério Campo Santo Cônego Batalha em Maricá.