Homem, de 29 anos, espanca a mãe até a morte, na Barra da Tijuca

Homem, de 29 anos, espanca a mãe até a morte, na Barra da Tijuca

8 de junho de 2020 0 Por Francisco Avelino

Criminoso foi solto dias antes de cometer o crime

Foto: Divulgação

O homem acusado de espancar a mãe, de 70 anos, até a morte, na Barra da Tijuca., na Zona Oeste do Rio, saiu da cadeia dias antes de cometer o crime.

De acordo com a delegada Cristiane Carvalho, o criminoso, de 29 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas perto do Clube Marapendi, três dias antes da assassinato. Ele foi solto após conseguir liberdade provisória.

“O filho foi no apartamento da mãe no sábado e se iniciou uma forte discussão entre eles, que chamou a atenção da vizinhança. Acionaram o síndico, que interfonou para o apartamento da mãe. O filho atendeu, disse que estava tudo bem, mas estava alterado. Ele se aproveitou, fugiu e foi para casa, onde dormiu”, contou a delegada.

O crime ocorreu na madrugada do dia 7. Os policiais ainda não sabem a motivação do crime. Lucia Regina Gomes Alves foi morta a socos e chutes, após discussão com seu filho no apartamento em que morava.

Após o crime o assassino fugiu pela escada de emergência, pulou o muro do local e foi pra casa dormir, também na Barra. A polícia conseguiu localizá-lo ainda dormindo. A delegada afirmou ainda que o o criminoso confessou o crime.

“Ele confessou o crime sem demonstrar remorso. Usou meio cruel para matar a mãe: socou a cabeça da mãe, disse que a mãe não morria, a asfixiou, enfiou os dedos nos olhos e chutou a cabeça várias vezes, até que ela morreu”, disse.

O homem foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio e pode pegar até 30 anos de prisão.

Veja o vídeo da prisão do acusado

Imagens de Divulgação

Fonte; radio tupi