Educação continua distribuição de cestas básicas e kits de higiene nas escolas

Educação continua distribuição de cestas básicas e kits de higiene nas escolas

8 de maio de 2020 0 Por Francisco Avelino

Ao longo da semana, os responsáveis pelos alunos matriculados nas escolas públicas de Maricá receberam a cesta básica e o kit de limpeza que a Prefeitura está doando como uma das medidas de proteção social por conta dos efeitos do combate à pandemia do coronavírus. Pela medida, cerca de 32 mil alunos das redes públicas municipal, estadual e federal (caso do Instituto Federal Fluminense) receberão uma cesta básica com kit de higiene cada um por três meses. Para que não houvesse aglomeração nas unidades e por conta do isolamento social, a distribuição contou com dias e horários diferenciados.

“Estamos finalizando a segunda entrega das cestas básicas para os alunos matriculados na rede pública de ensino de Maricá. A Assistência Social fez a aquisição e a Educação realiza a entrega desses produtos que garantem a milhares de famílias a alimentação nas suas casas nesse momento tão delicado. Mais um mês estamos honrando o compromisso para que não falte nada aos estudantes do município”, enfatiza a secretária de educação, Adriana Costa.

Passaram pelo CEM Joana Benedicta Rangel (Centro) nesta sexta-feira, os responsáveis dos alunos de 13 turmas. Ao todo, a unidade conta com 1296 alunos. Mãe de Omar Philipe Torres da turma 925, Carolina Torres Bravo, de 35 anos, foi uma das beneficiadas. “Eu não estou podendo trabalhar neste momento, porque o restaurante em que eu trabalhava fechou. Então, essa cesta básica vai me ajudar muito. Como eu soube que teria essa distribuição, acabei não me cadastrando nos outros programas da Prefeitura exatamente para deixar para quem precisa e não tem filho em nenhuma escola”, disse.

“Receber essas cestas está me ajudando bastante, porque eu sou cuidadora de idosos em Niterói e não estou podendo trabalhar neste momento. Esse é basicamente o único alimento que está indo para a minha mesa”, contou Moara Santos, de 29 anos, mãe de dois alunos na mesma unidade.

Larissa Lima, de 26 anos, é mãe de um casal de filhos que estuda na EM Jacintho Luiz Caetano (Caju), por onde passaram durante todo o dia os responsáveis dos 91 alunos. “Lá em casa são três crianças para alimentar, então receber essas duas cestas vai me ajudar a encher a barriguinha deles. Principalmente porque eu não estou podendo trabalhar, já que a farmácia que eu trabalhava reduziu o número de funcionários. Acabei sendo demitida”, lamentou.

“Como professora da escola e com meu salário em dia, eu não tenho necessidade de recebimento da cesta, então acabo doando a minha para uma família que precisa mesmo. Mas vejo a importância dessa ação da prefeitura em relação aos menos favorecidos”, confessou Fernanda Antunes da Silva, 38 anos, mãe de Victoria Manuela.

Diretora da EM Jacintho Luiz Caetano, Ledir Barbosa explicou que além dos kits, os responsáveis estão levando para casa os livros e um informativo de como serão as aulas neste momento de pandemia. “As atividades passam a ser enviadas pelos grupos de wattsapp de cada turma e pelo Facebook da escola. Quem não tem acesso à internet, leva da escola o material já impresso”, explica, informando que aulas já estão sendo ministradas para que a plataforma digital passe a ser utilizada.