Tribos indígenas de Maricá na quarentena

Tribos indígenas de Maricá na quarentena

9 de abril de 2020 0 Por Francisco Avelino

Aldeia indígena Mata Verde Bonita, em São José do Imbassaí – Foto: Fernando Silva

As ações de prevenção e combate aos efeitos da pandemia empreendidas pela Prefeitura estão alcançando todos os grupos tidos como de maior vulnerabilidade social, como é o caso dos indígenas da cidade.

De acordo com a Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher, cerca de 50 índios guaranis vivem na aldeia Mata Verde Bonita (Tekoa Ka’Aguy Ovy Porã, em São José do Imbassaí) e aproximadamente 100 índios guaranis vivem no Sítio do Céu (Pevaé Porã Tekoa Ará Hovy Py), em Itaipuaçu.

Ambas as aldeias estão fechadas à visitação, cumprindo o isolamento social que tem funcionado para evitar uma curva ascendente de casos da doença na cidade. Os índios foram atendidos na ação conjunta das secretarias de Educação e Assistência Social.

A aldeia de São José do Imbassaí possui 21 alunos na rede municipal e a e a aldeia de Itaipuaçu possui 15 alunos. Todos já receberam uma cesta básica (limpeza e alimentos) assim como os demais alunos da rede municipal de Maricá e, para a próxima semana (segunda (13) ou terça-feira (14)) está prevista uma ação de entrega de mais uma cesta básica para cada família das duas tribos como reforço à segurança alimentar dessas tribos.