Suplente de vereador sofre atentado em Maricá

Suplente de vereador sofre atentado em Maricá

16 de setembro de 2019 0 Por Francisco Avelino

Um novo caso de violência voltou a assombrar Maricá, dessa vez foi a vez de um pré-candidato a vereador ter sua casa atingida por tiros, na noite do último domingo (15), no bairro de Jacaroá.

De acordo com Wagner Passos, conhecido como ‘Waguinho da Máquina’, por volta das 22h, um carro do tipo caminhonete, passou na frente da casa e de dentro disparos foram efetuados.

“Foi um grande susto, eu e minha esposa já estávamos dormindo quando ouvimos os estampidos, fomos verificar o que tinha acontecido e vimos os tiros no portão, logo em seguida chamamos a polícia”, contou.

Segundo Waguinho, a família não sabe o que pode ter motivado os disparos contra a residência.

Suplente é pré-candidato a vereador em 2020. Foto: Rede Social

“Não sabemos o que pode ter motivado os disparos, sempre trabalhei com terraplanagem e nunca tive problema com ninguém”, contou.

Pelo menos cinco tiros atingiram o portão da casa da vítima, mas ninguém ficou ferido.

O caso foi registrado na Delegacia de Maricá (82ª DP), que investiga o caso.

Nas últimas eleições, ‘Waguinho da Máquina’ foi candidato a vereador de Maricá, pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) e teve 284 votos, ficando em 6º lugar como suplente. Segundo Waguinho, ele pretende concorrer ao cargo de vereador nas próximas eleições municipais.

Outros Casos

No mês passado o vereador Ismael Breve de Marins (DEM), de 59 anos, de Maricá e o filho, advogado Thiago André Marins de Marins, foram encontrados mortos em casa. Em maio e junho dois jornalistas foram mortos na cidade.

No dia 25 de maio, o dono de um jornal local, Robson Giorno, foi baleado e morto na porta de casa, no bairro Boqueirão. Pelas redes sociais, o empresário já dizia que pretendia se candidatar a prefeito nas eleições de 2020. Em junho foi a vez do jornalista Romário Barros, fundador de um site local, ser assassinado no bairro de Araçatiba.

Fonte Plantão enfoco