Prefeitura do Rio promove conferência nacional com foco na prevenção de riscos à saúde

Prefeitura do Rio promove conferência nacional com foco na prevenção de riscos à saúde

agosto 1, 2019 0 Por Francisco

Organizado pela Vigilância Sanitária, evento terá 56 palestrantes de todo o Brasil para tratar de temas como desburocratização da fiscalização, sustentabilidade e segurança alimentar

Sustentabilidade, atuação em eventos de massa, cuidados com as zoonoses, segurança alimentar e a desburocratização da fiscalização. Para tratar desses e outros temas voltados à prevenção de riscos à saúde pública, a Prefeitura do Rio de Janeiro está promovendo a primeira edição da Convisa Rio, Conferência Nacional de Vigilância Sanitária, Vigilância em Zoonoses e Inspeção Agropecuária da Cidade do Rio de Janeiro. Com 56 palestrantes em 16 mesas-redondas e espaço para a mostra de trabalhos científicos e uma exposição com fotografias, documentos e outras peças do século passado, o evento acontece nos próximos dias 6, 7 e 8 e vai marcar o Dia Nacional da Vigilância Sanitária, 5 de agosto. Inscrições e mais informações estão em https://www.convisa.rio.

Organizada pela Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa) e Secretaria Municipal de Saúde, a conferência será no Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova. Além da troca de experiência, o evento vai divulgar projetos da área desenvolvidos pela Prefeitura, como programas de zoonoses (doenças transmitidas aos homens por animais), roteiros de fiscalização em eventos de massa e inspeção agropecuária que este ano, com a implantação do Código Sanitário do Rio, passou a ser missão do município. Com atividades das 9h às 17h nos três dias em três salas do Mezzanino do SulAmérica, o encontro permitirá também a capacitação de servidores da Vigilância, que reservou 30% das vagas para seus técnicos.

A Convisa Rio será aberta às 9h do dia 6, com homenagens a dois antigos gestores da Vigilância. Um deles é o delegado de Polícia Civil Fernando Villas Bôas (in memoriam), que esteve à frente do órgão de 2001 a 2005, quando faleceu aos 41 anos de febre maculosa. O outro é o médico-veterinário Heráclio Schiavo, que comandou as ações de Vigilância no Rio de Janeiro na década de 80, época de muitas conquistas para a área. Depois dos reconhecimentos, começam as mesas-redondas com palestrantes de instituições públicas e privadas do Rio e de outros estados, como São Paulo, Santa Catarina e Ceará, e até do México. A estimativa é que o evento reúna 500 congressistas, entre representantes dos setores regulados (como supermercados, restaurantes, hospitais, escolas e farmácias) e relacionados (shoppings e lojas de departamentos), pesquisadores, acadêmicos, órgãos fiscalizadores, gestores e técnicos de órgãos sanitários de diversos pontos do país.

Exposição – O público será recebido com a exposição “De 1917 a 2019: mais de 100 anos de história”. Com um acervo de cerca de 40 peças, a mostra conta a evolução da Vigilância Sanitária do Rio, que começa na época do surto de tuberculose na então capital federal do século passado, quando teve início a análise do leite bovino distribuído em carro de burro, no ainda Hospital de Medicina Veterinária do Governo Federal, em São Cristóvão. Fotografias, aparelhos como balança de precisão, animais conservados em formol para estudos e documentos de mais de 100 anos, como o primeiro termo de inspeção sanitária, dão vida à exposição que, depois da Convisa Rio, será transformada em permanente.

– Vamos levar a história da Vigilância aos alunos tanto das escolas públicas como das privadas, e assim reforçarmos as ações de prevenção aos riscos à saúde de todos. Por sua importância, ela será lançada justo na Convisa Rio, evento nacional que nos permitirá mostrar parte do trabalho da Vigilância do Rio, referência no Brasil em diversos projetos, como o Código Sanitário e a campanha de transparência para alertar os empresários e comerciantes sobre o golpe dos falsos fiscais – adianta a médica-veterinária Márcia Rolim, subsecretária de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses do Rio.    

PALESTRANTES

 TERÇA-FEIRA, 6 DE AGOSTO

Pedro Salomão – Empresário

Um dos maiores palestrantes da atualidade e com mais de 1.200 apresentações pelo país, é fundador da Radio Ibiza e autor dos livros ‘Empreendendo Felicidade’ (2016) e ‘LYdereZ’ (2018). Pedro Salomão é carioca, graduado em Administração pela PUC-Rio, onde também fez pós-graduado em Sociologia Política e Cultural. Antes de criar sua empresa, atuou como consultor de cultura organizacional.

Luis Justo – CEO do Rock In Rio

Engenheiro de Produção com MBA em Gestão de Negócios. Iniciou cedo a carreira de executivo no mercado financeiro e em uma consultoria multinacional, e aos 28 anos era CEO da Osklen, liderando a expansão e transformação em uma das mais respeitadas marcas de moda do mundo. Nos últimos cinco anos, Luis Justo atua como CEO do Rock In Rio, maior festival de música do mundo, e segue à frente de grandes desafios, como o de exportar projetos de alto nível para a capital do entretenimento mundial: Las Vegas. Ao longo dos últimos 10 anos vem sendo convidado para palestrar em importantes eventos no Brasil e no exterior, compartilhando sua bagagem profissional nos mais diversos temas de gestão, como Liderança, Empreendedorismo, Inovação, Branding e Internacionalização, sempre com linguagem leve e dinâmica em meio à sua didática de professor adquirida quando lecionava em diferentes cursos de MBA. Em 2015, recebeu o prêmio Personalidade Empresarial do Ano pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento, em reconhecimento aos resultados obtidos em sua carreira de executivo. 

Marcelo Alves – Presidente da Riotur

Com formação e especialização em Marketing e mais de 20 anos de experiência no mercado, Marcelo Alves foi o fundador do Grupo ADMA Eventos, que recebeu por duas vezes o título de Empresa de Marketing Promocional do Ano, no Prêmio Colunistas Promo de 2009 e 2010. A agência de live marketing trouxe grandes eventos para a cidade, como o Rio Verão Festival e Disney Magic Run. Precoce, Marcelo Alves iniciou sua carreira aos 15 anos, tendo passado pelas áreas de eventos de grandes empresas, como a Sony Music, a Editora Abril e a Revista Playboy, estabelecendo desde cedo sua ligação com a área de entretenimento. Tamanha experiência o levou aos cargos que ocupa desde janeiro de 2017, acumulando até 2019 as posições de presidente da Riotur e da RioEventos, respectivamente, empresas da Prefeitura responsáveis pelas áreas de turismo e eventos. Vem se destacando por imprimir ao órgão público uma gestão integrada pautada em parcerias com a iniciativa privada, buscando o aporte de patrocinadores nos grandes eventos da cidade, como Réveillon e Carnaval, com foco na redução do investimento feito pela Prefeitura, na sustentabilidade dos negócios e no crescimento do fluxo turístico no Rio de Janeiro.

Genival Beserra – Presidente do Conselho da ASSERJ

Executivo pernambucano iniciou sua trajetória no Makro nos anos 70. Passou por cargos de liderança em gigantes como Casas Sendas, Lojas Americanas, Continente, Prezunic, Costazul, Rede UNNO e por último na Rede Torre e Cia Supermercadista da rede Supermarket.

Keila Meireles Prates – Superintendente Executiva da ASSERJ

Formada em Engenharia de Produção pela Faculdade do Sul da Bahia (FASB), com MBA em Gestão de Projetos e mais de 12 anos de experiência na área de Gestão, Projetos e Processos. É superintendente executiva na ASSERJ (Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro) e diretora do Conselho Deliberativo da ABRAPPE (Associação Brasileira de Prevenção de Perdas).

Paula Marques Rivas – Coordenadora de Vigilância de Alimentos da Secretaria de Saúde de Porto Alegre

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e especialista em Gestão da Vigilância Sanitária pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês. Paula Marques Rivas é servidora pública do município de Porto Alegre desde 2011.

Márcia Rolim – Subsecretária de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses do Rio de Janeiro

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), com mestrado em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutorado em Ciência Animal na área de Sanidade Animal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF). Tem experiência nas áreas de Projetos de Extensão e Pós-graduação, Diagnóstico e Controle de Epizootias, com ênfase em Sanidade Animal. Tem também capacitação na área de Sanidade Animal com ênfase em Emergências Sanitárias, Diagnóstico e Controle de Epizootias e Biossegurança. Servidora da Prefeitura do Rio de Janeiro desde 2002, ingressou como médica-veterinária no então Instituto de Diagnóstico, Vigilância, Fiscalização Sanitária e Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, atuando nas áreas de Clínica de Zoonoses e Diagnóstico Laboratorial. Foi vice-presidente da Associação de Buiatria do Estado do Rio de Janeiro de 2007 a 2011 e coordenadora e professora dos cursos de Extensão e Pós-graduação Lato Sensu do Lumix-Instituto de Desenvolvimento e Educação, e também da Universidade Castelo Branco. Desde 1° de janeiro de 2017, Márcia Rolim comanda a Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa), que integra a estrutura da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Raquel Ribeiro Bittencourt – Superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina

Natural de Tubarão, Santa Catarina, é graduada em Farmácia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com Habilitação em Bioquímica e Análises Clínicas. Tem especialização em Administração Hospitalar e Empreendimentos de Saúde com ênfase em Organizações Públicas pela UNISUL, e em Gestão em Saúde pela UFSC. Raquel Ribeiro Bittencourt é farmacêutica concursada desde 1985 da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES/SC), onde foi também chefe de Distribuição de Medicamentos Básicos, diretora do Laboratório Central (Lacen) do Governo do Estado, diretora de Medicamentos Básicos, coordenadora de Administração Hospitalar e diretora da Vigilância Sanitária de 2003 a 2018. Presidiu o Conselho Regional de Farmácia de Santa Catarina de 1991 a 1992 e foi ainda gerente administrativo do Hospital Nereu Ramos, gerente comercial do Laboratório de Apoio em Alta Complexidade Clínica, BCE Ltda/Balagué Center e coordenadora da Câmara Técnica de Vigilância Sanitária do CONASS.

Marcelo Felga – coordenador de Saúde do Viajante da Gerência Geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados

Mestre pela Universitat de Barcelona em Vigilância do Epidemiológica HIV, exerce suas atividades em áreas de portos e aeroportos com ações de controle e monitoramento de Saúde Pública para áreas de Viajantes. Atua na implementação dos planos de contingência em Emergência em Saúde Pública e Capacidades de Resposta a Eventos de Saúde Pública de Interesse Internacional, e também das ações de Saúde Pública em áreas de fronteiras, navios de passageiros e cargueiros voltados para cruzeiros marítimos, cargueiros, graneleiros e offshore, entre outros. Atuou como gerente de Infraestrutura, Meios de Transportes e Controle de Vetores de Portos, Aeroportos e Fronteiras, e foi coordenador Nacional de Portos, Aeroportos e Fronteiras e Recintos Alfandegados. Tem larga experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Vigilância Sanitária (portos e aeroportos) e Epidemiológica, e atua, principalmente, nos seguintes temas: HIV, Sentinela, Hemovigilância, Aids e Conscritos. Marcelo Felga foi também gerente do Programa de Vigilância Sentinela do HIV no Ministério da Saúde no Programa Nacional de DST e Aids; assessor do Programa de Hemovigilância da Coordenação de Sangue e Hemoderivados; e assessor da área de Medicamentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ivan da Gama Teixeira – Vice-presidente da Anfarmag Regional São Paulo

Graduado em Farmácia e Bioquímica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo e especialista em Homeopatia pela Associação Paulista de Homeopatia. É conselheiro “Ad Hoc” no Conselho de Administração Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), vice-presidente da Anfarmag Regional São Paulo, representante da Anfarmag no Formulário Nacional da Farmacopeia Brasileira e diretor e sócio proprietário da Botica Belluz, Farmácia de Homeopatia e Manipulação Alopática.

Maria Virgínia Godoy da Silva- Especialista em Centro Cirúrgico, Central de Material e Esterilização e Recuperação Anestésica

Enfermeira graduada pela Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre em Enfermagem pela UFRJ e doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP) e especialista em Enfermagem em Centro Cirúrgico, Central de Material e Esterilização e Recuperação Anestésica pela EEUSP. Maria Virgínia Godoy é professora da Faculdade de Engenharia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FEUERJ) e do Curso de Enfermagem da Universidade Veiga de Almeida.

Geisa Santos da Costa Reis Davel – Supervisora Regional de Central de Material e Esterilização da Rede D’Or São Luiz/RJ

Formada em Enfermagem pela Universidade Estácio de Sá e especialista em Centro Cirúrgico e em Central de Material e Esterilização. Geisa  Davel tem MBA em gestão de Central de Material e Esterilização pelo Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa (Inesp) e é membro associado da Associação Brasileira de Enfermeiros de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização (SOBECC).

Angela Cristina Verissimo Junqueira – Pesquisadora titular da Fundação Oswaldo Cruz

Graduada em Ciências Biológicas – Modalidade Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ), com mestrado em Ciências (Parasitologia) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e doutorado em Ciências (Biologia da Relação Patógeno-Hospedeiro) pela Universidade de São Paulo (USP). É orientadora do Programa de Pós-graduação Stricto Senso em Medicina Tropical e do Programa Pós-graduação Lato Senso em Ensino em Biociências e Saúde e coordenadora da disciplina Bases do Diagnóstico Laboratorial de Agentes Infecciosos e Parasitários do Programa de Medicina Tropical. Tem experiência nas áreas de estudos de Doenças Infecciosas e Parasitárias, Relação Patógeno-Hospedeiro com ênfase em Protozoologia Parasitária Humana e atua, principalmente, nos seguintes temas: Doença de Chagas, Trypanosoma Cruzi e Desenvolvimento de Material Didático para Divulgação do Conhecimento de Doenças Infecciosas e Parasitárias. Angela Cristina Verissimo Junqueira desenvolve pesquisas nas áreas de Diagnóstico, Biologia Molecular de Triatomíneos, Diagnóstico Hematológico, Tratamento in Vitro e Dinâmica de Transmissão do Trypanosoma Cruzi, Avaliação e Investigação de Conhecimento de Profissionais do SUS e de Vigilância Entomológica, Perfil Epidemiólogico, Clínico, Imunológico e Genético de indivíduos portadores da Doença de Chagas e Genética Populacional, com atuação extensiva à Amazônia brasileira, onde ministra cursos de formação profissional de Microscopistas do Laboratório Central (Lacen) do Governo do Estado do Pará.

Viviane Fontes dos Santos – Fonoaudióloga do setor de Hospitais da Subvisa

Fonoaudióloga formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), especialista em Audiologia pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia e mestre em Metrologia e Qualidade pelo Inmetro. Servidora da Prefeitura do Rio de Janeiro, Viviane Fontes integra a equipe do setor de Hospitais da Coordenação de Saúde da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle do Zoonoses (Subvisa). É conselheira do Conselho Regional de Fonoaudiologia do Rio de Janeiro e tem experiência com Terapia Assistida por cães.

Cristiane Blanco – Presidente do Instituto Nacional de Ações e Terapias Assistidas por Animais

Psicóloga clínica com especialização em Neuropsicologia. É colaboradora do Ambulatório de Impulso Sexual Excessivo e de Prevenção aos Desfechos Negativos Associados ao Comportamento Sexual (Aisep) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Cristiane Blanco tcoordena o projeto de atendimento a vítimas de violência sexual utilizando a intervenção assistida por animais.

Carla Souza Behr Pitoli – Gerente de Projetos Planetree Brasil Office do Hospital Albert Einstein

Farmacêutica e mestre pela Universidade de São Paulo (USP), certificada CPXP (Certified Patient Experience Professional) pelo PXi Institute e formada em Ciência da Melhoria pelo IHI (Institute for Heathcare Improvement). É especialista em Qualidade e Produtividade pela USP, com MBA em Gestão em Saúde pelo Insper/SP. Carla Piloti trabalhou em grandes empresas, como a Monsanto Brasil, Nestlé Brasil e Hospital Sírio Libanês. Há 18 anos atua no Hospital Albert Einstein, sempre em Qualidade e Segurança, e atualmente gerencia o Escritório Planetree Brasil, responsável pela Metodologia de Cuidado Centrado na Pessoa.

QUARTA-FEIRA, 7 DE AGOSTO

Cecilia Cury – Especialista em Direito Regulatório e coordenadora da campanha Põe no Rótulo

É advogada formada pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), onde também obteve os títulos de mestre e de doutora em Direito Constitucional, sendo autora de livros e artigos relacionados à defesa de direitos fundamentais. Com a campanha Põe no Rótulo se dedica ao debate sobre a formulação e a implementação de políticas públicas relacionadas à promoção do direito à alimentação, com ênfase ao que se refere às regras de rotulagem de alimentos. Recentemente contribuiu para a criação da iniciativa Alergia Alimentar Brasil, que visa garantir mais informação, conscientização da sociedade e inclusão, avançando na conquista de políticas públicas que ampliem a segurança e melhorem a qualidade de vida de quem tem alergia alimentar.

Camila Maranha Paes de Carvalho – Consultora para a Aliança de Controle do Tabagismo e Promoção da Saúde

Nutricionista pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutora em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). É professora adjunta da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal Fluminense (UFF) e representante do Conselho de Alimentação Escolar do município do Rio de Janeiro.

Ellen Menezes – Professora do Programa de Pós-Graduação em Segurança Alimentar e Nutricional da UNIRIO

Graduada em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), doutorado em Ciência de Alimentos pela UFRJ e pós-doutorado em Análise Sensorial e Ciência do Consumidor na Universidade da Califórnia, em Davis (UCDavis). Tem experiência na área de Análise Sensorial de Alimentos e Estudos do Comportamento de Consumidores, temática em que vem desenvolvendo muitas pesquisas. Desde 2013 é professora do curso de Graduação em Nutrição da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) e atualmente leciona nos cursos de Pós-graduação em Alimentos e Nutrição nível Mestrado e Doutorado e no mestrado profissional do Programa de Pós-Graduação em Segurança Alimentar e Nutricional da mesma Universidade. 

Rafael Zavala – Representante da FAO Brasil

De nacionalidade mexicana, é zootecnista formado pela Universidade Autónoma Metropolitana – México, com mestrado em Agricultura Sustentável da Universidade de Londres, e PhD em Políticas para o Desenvolvimento Rural pela Universidade de East Anglia, também na Inglaterra. Até 2012, foi consultor para a FAO (Food and Agriculture Organization of de United Nations) e o IICA (Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura) e esteve três anos no Congresso Legislativo no Centro de Pesquisa para o Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar (CEDRSSA). No mesmo ano, foi nomeado como representante da FAO na Colômbia. Seu trabalho concentrou-se na implementação de estratégias para a efetiva consolidação da paz e estabilização em áreas rurais. Sob sua gestão foram realizados mais de 60 convênios de cooperação. Em 2016, Rafael Zavala recebeu o B.R. Sen, prêmio da FAO em nível mundial e desde 2018 é representante da FAO Brasil.

Ana Helena Alves Franco – Diretora de Inspeção da Secretaria de Agropecuária, Abastecimento e Distritos de Uberlândia

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Uberlândia e especialista em Qualidade e Inspeção de Produtos de Origem Animal. Servidora da Prefeitura de Uberlândia, está no Serviço de Inspeção Municipal desde 2014 e dirige a Inspeção da Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos desde 2017.

José Maria dos Santos Filho – Presidente da Comissão de Tecnologia e Higiene Alimentar do Conselho Federal de Medicina Veterinária

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), com especialização em Patologia Tropical pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), mestrado em Tecnologia de Alimentos pela UFC e doutorado em Ciências Veterinárias pela UECE.

Atualmente exerce as seguintes atividades: professor Associado O da Faculdade de Veterinária da UECE, onde ministra a disciplina de Higiene Inspeção e Tecnologia dos Produtos de Origem Animal; e membro da Comissão de Inspeção e Vigilância Sanitária dos Produtos de Origem Animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Ceará, instituição que presidiu de 2006 a 2015, e membro da Comissão do Programa de Proteção à Defesa do Consumidor de Produtos de Origem Animal do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON/PROCON-CE).

Jamyle Saad Maiolino Vianna – Chefe da Divisão de Defesa Agropecuária da Superintendência Federal de Agricultura no Rio de Janeiro

Médica-veterinária formada pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). É auditora fiscal federal agropecuária.

Susana de Oliveira Elias – Consultora de Controle de Qualidade dos Alimentos

Pós-doutoranda do Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal do Rio Grande Sul (ICTA/UFRGS) e atua como consultora na área de Controle de Qualidade dos Alimentos.

Leonardo Cozac de Oliveira Neto – Empresário da área de Engenharia Ambiental e consultor em qualidade do ar de interiores

Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho formado pela Universidade Paulista. Foi diretor de Operações e Finanças da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava), past president do Qualindoor – Departamento Nacional de Qualidade do Ar de Interiores da Abrava (Gestão 2008-2010 e 2013-2015); consultor Certificado de Qualidade do Ar de Interior pela ACAC – American Council for Accredited Certification; e diretor na Conforlab Engenharia Ambiental.

Eliane Teixeira Mársico – Docente especialista em Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com especialização em Educação em Saúde Pública; mestrado e doutorado em Medicina Veterinária de Higiene Veterinária e Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal, ambos pela UFF e na área de Contaminantes Químicos; e pós-doutorado pela Universidade Federal de Goiás (UFG) em Engenharia de Alimentos. Tem experiência em Controle Físico-Químico de Produtos de Origem Animal atuando, principalmente, em Elementos Traços, Segurança Alimentar, Aminas Biogênicas, Pescado e Derivados e Estudo Uso de Antioxidantes Naturais. Eliane Teixeira é professor Associado da UFF, professora permanente credenciada no Programa de Pós-graduação em Higiene e Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal e no Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos da Escola de Engenharia de Alimentos da UFG.

Liz Maria de Almeida – Gerente da Divisão de Pesquisa Populacional do INCA

Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde fez a especialização em Psiquiatria. Tem especialização em Saúde Pública da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz, mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP). Fez o curso de Gestão em Saúde do Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (COPPEAD/UFRJ). Está no Instituto Nacional de Câncer (Inca) desde 2004 e, além de ocupar a Gerência da Divisão de Pesquisa Populacional, é professora permanente e membro da Comissão de Pós-graduação em Oncologia e líder de grupo de pesquisa. Tem experiência em Psiquiatria e em Saúde Coletiva, com ênfase em Epidemiologia. Atualmente trabalha com os temas da epidemiologia e a efetividade das ações de prevenção em câncer e epidemiologia e efetividade das ações de controle do tabaco.

Mônica Oliveira Bernardo – Membro da Comissão de Proteção Radiológica do Colégio Brasileiro de Radiologia

Médica radiologista doutora em Ciências pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). É docente coordenadora da área de Conhecimento da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (FCMS PUC-SP). Linha de pesquisa em Proteção Radiológica e Educação em Saúde.

Rômulo de Sena Delduck Pinto Filho – Especialista em Radioproteção

Graduado em Física Médica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Tem título de supervisor de Radioproteção da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), com atuação no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO); Instituto Nacional de Cardiologia (INC); São Carlos Saúde Oncológica; Hospital de Força Aérea do Galeão; e Hospital Naval Marcílio Dias.

Vitor Molina – Responsável pela Radiologia do Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman

Formado pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com mestrado em Clínica e Cirurgia também pela UFF, especialização em Radiodiagnóstico pelo Instituto Veterinário de Imagem (IVI-SP) e capacitação em Ultrassonografia pela mesma instituição. É diretor da CHC Imagem – Telerradiologia e Consultoria Veterinária e professor convidado em cursos livres e de especialização em Radiologia Veterinária e Responsabilidade Técnica.

Elba Regina Sampaio de Lemos – Coordenadora dos laboratórios de referência para hantaviroses e rickettsioses da Fiocruz

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Campos, com residência médica na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e no Hospital da Lagoa, e mestrado e doutorado em Medicina Tropical pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Atualmente é pesquisador titular em Saúde Pública do Instituto Oswaldo Cruz, exercendo o cargo de chefe do Laboratório de Hantaviroses e Rickettsioses, onde são desenvolvidas pesquisas sobre rickettsioses e hantaviroses em população humana, além de vertebrados (silvestres e domésticos) e de artrópodes. Como coordenadora dos laboratórios de referência regional para hantaviroses e nacional para rickettsioses, colabora com a vigilância epidemiológica de hantaviroses e rickettsioses, em especial, da febre maculosa no Brasil. Atua também como colaboradora do Instituto Vital Brazil. É membro da Comissão de Biossegurança do Instituto Oswaldo Cruz; da Coordenação do Curso de Pós-graduação em Medicina Tropical do Instituto Oswaldo Cruz; e do Curso de Pós-graduação em Ciências em Animais de Laboratório do Instituto de Ciência e Tecnologia em Biomodelos/Fiocruz, e orientador do Curso de Ciências Biológicas (Genética) da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É Pesquisadora Bolsista do CNPq (Produtividade em Pesquisa – PQ-II) e do Programa Cientista do Nosso Estado da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). Tem 115 artigos completos publicados em periódicos, 27 capítulos publicados em livros nacionais e internacionais, mais de 110 resumos em congressos, além da publicação de um livro, 14 supervisões concluídas de teses de doutorado e 21 de mestrado.

Gabrielle Damasceno – Coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro

Graduada em Enfermagem com habilitação em Saúde Pública pela Universidade Gama Filho, especialista em Saúde Pública e em Epidemiologia Aplicada nas Emergências em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Fiocruz. É ponto focal e coordenadora do curso do EpiSUS Fundamental (Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS – Nível Fundamental) no Estado do Rio de Janeiro.

Reginaldo Peçanha Brazil – Pesquisador em Saúde Pública do Instituto Oswaldo Cruz

Graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com mestrado e doutorado (PhD) em Parasitologia pela Liverpool School of Tropical Medicine (Liverpool, Inglaterra) e Pós-doutorado em Entomologia pela Liverpool School of Tropical Medicine. Tem experiência na área de Parasitologia Humana e atua, principalmente, em Eco-epidemiologia das Leishmanioses, Fauna e Ecologia de Flebotomineos, Interação Flebotomíneos/Leishmania e Ecologia Química de Flebotomíneos, bem como nos estudos de flebotomíneos fósseis.

Maria Inês Pimentel – Coordenadora do Laboratório de Pesquisa Clínica e Vigilância em Leishmanioses da Fiocruz

Graduação em Medicina com mestrado e doutorado em Medicina (Dermatologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisadora titular e coordenadora do Laboratório de Pesquisa Clínica e Vigilância em Leishmanioses do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, da Fundação Oswaldo Cruz. É médica dermatologista da Gerência de Doenças Transmitidas por Vetores e Zoonoses da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro.

QUINTA-FEIRA, 8 DE AGOSTO

Ronaldo Gil – Analista da Embrapa Agroindústria de Alimentos/RJ

Médico-veterinário e especialista em Segurança Alimentar e Qualidade Nutricional pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Auditor fiscal federal agropecuário aposentado do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Membro de missões internacionais em Portugal, Itália, Alemanha e Suíça para habilitação de estabelecimentos exportadores de cárneos e lácteos para o Brasil. Coordenador de oficinas de construção de programas de trabalho de inspeção e fiscalização pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA), auditor líder em auditorias, documentais, operacionais e de conformidade para reconhecimento de equivalência e adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBIPOA) de Serviços Oficiais de Estados e Municípios.

Wagner Candido da Silva – Gerente de Vigilância Sanitária de Belo Horizonte

Biólogo, bacharel em Microbiologia, especialista em Microbiologia de Alimentos. Fiscal sanitário há 33 anos, atualmente gerente de Vigilância Sanitária da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses do Rio de Janeiro (Subvisa). Responsável pela coordenação dos trabalhos de vistoria e fiscalização na Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas e Copa América no Mineirão e outros eventos de massa.

Stefani Faro de Novaes – Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária da Anvisa

Tem graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com mestrado e doutorado no Programa de Pós-graduação em Higiene Veterinária e Processamento Tecnológico de Produtos de Origem Animal também da UFF. Atualmente trabalha na área de Suplementos Alimentares da Gerência Geral de Alimentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Aline Bastos – Analista de Comunicação da Embrapa

Graduada em Comunicação Social (Jornalismo e Relações Públicas),  mestre em Comunicação e Cultura e doutoranda em Comunicação Científica, com um período como pesquisadora visitante na University of the West of England (UWE), em Bristol, na Inglaterra. Liderou projeto nos Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil sobre desperdício de alimentos e coordenou o 1º Fórum Regional das Cidades Latino-Americanas Signatárias do Pacto de Milão, realizado no último mês de maio e tendo o Rio de Janeiro como anfitrião. É analista de comunicação da Embrapa Agroindústria de Alimentos, no Rio de Janeiro (RJ).

Gustavo Porpino – Analista da Embrapa

Doutor em Administração de Empresas, com concentração em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP). Foi pesquisador visitante na Escola de Agricultura da Universidade Cornell, onde realizou pesquisas sobre comportamento de consumo de alimentos. Jornalista e mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com pós-graduação em Gestão Empresarial pela Queensland University of Technology (2001- Austrália). Liderou projeto nos Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil sobre desperdício de alimentos e atuou no Comitê Técnico sobre perdas e desperdício de alimentos coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Colabora com projetos do SESC, WWF Brasil e Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) na área de Segurança Alimentar. Tem publicações científicas na área de comportamento do consumidor, com ênfase em consumo e desperdício de alimentos, e participação em diversos seminários internacionais. É analista da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) desde 2006.

Tiago de Bias – Gerente de Suprimentos na rede de Supermercados Zona Sul

Graduado em Administração de Empresas, é mestre em Economia Empresarial e especialista em Gerenciamento de Projetos e Gestão Econômica. Como gerente na rede de Supermercados Zona Sul no Rio de Janeiro, é responsável pelas áreas de Compras de Não Revenda, Planejamento de Manutenção, Almoxarifado e Sustentabilidade. Em 13 anos de experiência em Compras Indiretas, já conduziu projetos estratégicos de Suprimentos, Suplay Chain e Facilities nas categorias de Infraestrutura, Engenharia, Sustentabilidade, Serviços e Materiais, em segmentos econômicos como Varejo, Indústria, Construção Civil e Serviços. Para tanto, conta com vivências na Coca Cola Andina Brasil, Unimed-Rio e Nimbi Consultoria de Supply Chain.

Raquel Scussel – Analista de Segurança de Alimentos do Grupo Ráscal

Graduada em Nutrição e pós-graduada em Nutrição Clínica e Metabolismo Humano. Tem oito anos de experiência como responsável técnica na área de Segurança dos Alimentos.

Carla Assad – Consultora técnica da Clean Ambiental, empresa de gestão de resíduos

Graduada em Serviço Social e Administração de Empresas com pós-graduação em Administração Hospitalar pela Faculdade São Camilo, pós-graduação em Controle de Infecção Hospitalar pela Universidade Gama Filho e curso de aperfeiçoamento em Gestão de Resíduos Hospitalares realizado na Alemanha. Durante 25 anos foi coordenadora de Operações da Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana da Prefeitura do Rio) e coordenou também o Grupo Técnico de Resíduos Sólidos de Serviços de Saúde do município. Foi colaboradora técnica da redação do Manual de Segurança do Paciente – Limpeza e Desinfecção de Superfícies Hospitalares do Ministério da Saúde. Participou como membro técnico do Grupo de Resíduos de Serviços de Saúde da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em Brasília, na elaboração da RDC 306. Teve também participação técnica na elaboração da RDC 358 pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). É professora especialista de Resíduos de Serviços de Saúde na Pós-graduação  em Controle de Infecção Hospitalar da Universidade Estácio de Sá.

Marcelo Queiroz – Secretário Municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro

Advogado e pós-graduado em Direito Fiscal pela PUC-Rio e em Gestão e Gerenciamento de Projetos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), é mestrando em Economia no IBMEC-RJ. Cursou Fortalecimento Político para Novas Empresas, da Fundação Friedrich Naumann Stiftung, na Alemanha. Foi líder estudantil e presidente do Diretório Central de Estudantes da PUC-Rio, vereador, deputado estadual e secretário de Administração da Prefeitura do Rio de Janeiro. Atualmente, Marcelo Queiroz é secretário municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro e presidente da Associação Nacional dos Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma-Brasil).

Rosicler Dennanni Rodriguez – Pesquisadora do Next Observatório de Tendências em Sustentabilidade

Nutricionista graduada pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP), onde fez o mestrado em Ciências na área de Ambiente, Saúde e Sustentabilidade. É pós-graduada em Administração de Empresas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e especialista em Alimentação Coletiva pela Associação Brasileira de Nutrição (Asbran), com MBA em Gestão (CAP Executivo) na Fundação Instituto de Administração (FIA). É pós-graduanda em Nutrição Clínica Funcional (VP/UniCSul), com certificações em Sustentabilidade (Fundação Dom Cabral), Responsabilidade Social (FIA) e Qualidade de Vida (Associação Brasileira de Qualidade de Vida Qualidade – ABQV). Certificação profissional (Pessoa Física) em Programas de Qualidade de Vida pela formação técnica-científica, com experiência profissional na Gestão de Programas de Qualidade de Vida em Empresas. Tem 30 anos de experiência em Gerenciamento de Unidades de Alimentação e Nutrição (alimentação coletiva, restaurantes e atendimento nutricional) nas empresas Roche, Givaudan, Brasinca e Scania; dez anos como gerente de Responsabilidade Social e Sustentabilidade (gerenciamento dos projetos de sustentabilidade, programas sociais, programa de promoção da saúde e qualidade de vida, programa de inclusão de pessoas com deficiência e serviço de alimentação e nutrição); e três anos em consultoria de Estratégia e Inteligência em Sustentabilidade (Ideia Sustentável). No currículo, tem ainda o Atendimento Clínico Nutricional para funcionários de empresas (Grupo DASA e DSM). É pesquisadora do Next Observatório de Tendências em Sustentabilidade, coordenadora da Plataforma Liderança Sustentável e consultora e palestrante de temas relacionados à Nutrição e Alimentação, Qualidade de Vida, Sustentabilidade e Responsabilidade Social, com aulas em diversos cursos de graduação e pós-graduação em Nutrição.

Sônia Ramirez – Especialista em Segurança do Paciente da Subsecretaria de Atenção Hospitalar do Rio de Janeiro

Farmacêutica e doutoranda da Fiocruz, é membro do Comitê Estadual para Segurança do Paciente e membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do Conselho Regional de Farmácia. É servidora da Prefeitura do Rio e assessora de Segurança do Paciente da Subsecretaria de Atenção Hospitalar, Urgência e Emergência (SUBHUE) da Secretaria Municipal de Saúde.

Adelia Quadros F. Gomes – Coordenadora de Gestão da Qualidade e Segurança e das Câmaras Técnicas Assistenciais

Formação e experiência médica em Pediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com Residência Médica de 1982 a 1984 e mestrado em Saúde Pública na área de Planejamento e Gestão pela Fiocruz, tendo como tema da dissertação a Segurança do Paciente. Atua como educadora de projetos em Melhoria da Qualidade e Segurança em Saúde / Acreditação Internacional Joint Commission International – Consórcio Brasileiro de Acreditação e como docente nos temas Indicadores, Gerenciamento e Uso de Fármacos, Metas Internacionais de Segurança do Paciente, Informação em Saúde, Planejamento do Cuidado. Desde 2016 atua na coordenação da área de Gestão da Qualidade e Segurança e das Câmaras Técnicas Assistenciais, apoiando a implantação do Programa Nacional de Segurança do Paciente nos Hospitais e Institutos Federais no Rio de Janeiro (MS/RJ).

Fernanda Ferreira da Silva – Discente do Programa de Residência em Medicina Veterinária em Vigilância Sanitária da Prefeitura do Rio

Médica-veterinária formada pela Universidade Federal Fluminense e graduanda em Direito pela Universidade Candido Mendes, com pós-graduação em andamento em Medicina Veterinária Legal pelo Instituto Qualittas. Integra o Programa de Residência em Medicina Veterinária da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses. Implantado em 2017 pela Prefeitura do Rio, é o único do Brasil com área de concentração em Vigilância Sanitária.

Humberto Mota Filho – Presidente do Conselho de Governança e Compliance da ACRJ

Doutor em Ciência Política (IUPERJ), mestre em Direito (UCAM) e pós-graduado em Comércio Internacional (Shanghai Business School), Direito da Empresa e da Economia (FGV) e Projetos Financeiros (UERJ), e bacharel em Direito (PUC-Rio). É consultor jurídico Sênior do BNDES, presidente do Conselho Empresarial de Governança e Compliance da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) e presidente da Comissão de Estudos da Transparência Pública da OAB/RJ. É pesquisador do CEBRAD/UERJ, editor da Revista Compliance Rio do IC Rio e professor convidado da FGV Law Program, advogado e palestrante.

Márcia Andréa dos Santos Peres – Controladora Geral do Município do Rio de Janeiro

Especialista nas áreas de Administração Pública pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (Ebape-FGV RJ); Gestão Pública pela Fundação João Goulart-RJ; Ciências Contábeis pela EPGE-FGV-RJ; Auditoria de Desempenho pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (EBAPE/EPGE/FGV-RJ); e em Auditoria de Risco – Assessing Risk in the Public Sector – IIA – Institute of Internal Auditors. Contadora concursada da Prefeitura do Rio de Janeiro onde atua há 29 anos, Márcia Andréa Peres integra o Programa de Mestrado Profissional de Administração Pública da EBAPE-FGV-RJ. Em sua carreira no município, ocupou diversos cargos executivos, como os de subcontroladora de Integração de Controles da Controladoria Geral, auditora geral por três vezes, assessora-chefe da Assessoria Técnica de Estratégia e Relações Institucionais de Controle, presidente da Empresa Municipal de Informática (IplanRio) e em 2017 foi nomeada controladora Geral do Município do Rio de Janeiro. Atua como representante da CGM-Rio nas Redes de Controle de Gestão Pública e de Controle Social no Estado do Rio de Janeiro e no Conselho Nacional de Órgãos de Controle Interno (CONACI), e é também coordenadora técnica dos Encontros dos Órgãos de Controle Interno dos Municípios integrantes do Estado do Rio de Janeiro (EOCIM-RJ). 

Wilson Shcolnik – Presidente da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e diretor da Câmara Técnica da Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica

Médico patologista clínico, doutorando em Patologia pela USP e mestre em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), com MBA em Gestão pela Qualidade Total pela Universidade Federal Fluminense (UFF). É diretor da Câmara Técnica da Associação Brasileira de Medicina Diagnostica (Abramed) e gerente Corporativo de Relações Institucionais do Grupo Fleury. Wilson Sccolnik preside a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC/ML), é fellow do Colégio Brasileiro de Executivos em Saúde (BEX-RJ) e membro do Working Group on “Laboratory errors and patient safety da International Federation of Clinical Chemistry and Laboratory Medicine (IFCC).

Cassyano Correr – Coordenador do Programa de Assistência Farmacêutica Avançada da Abrafarma

Farmacêutico, mestre em Ciências Farmacêuticas e doutor em Medicina Interna. É professor do Departamento de Farmácia da Universidade Federal do Paraná e coordena o Programa de Assistência Farmacêutica Avançada da Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), que promove a implantação de serviços de assistência à saúde em farmácias e drogarias.

Heiko Thereza Santana – Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária na Anvisa

Enfermeira e biomédica, doutora em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UnB) e mestre em Biologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente ocupa o cargo de especialista em Regulação e Vigilância Sanitária na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Leonardo Gigliotti Barberes – Diretor da Associação de Hospitais do Estado do Rio de Janeiro

Médico com MBA de Gestão em Saúde pelo IBMEC e pós-graduado em Governança Clínica

AS ATIVIDADES

TERÇA-FEIRA

10h30 – Palestra: LYdereZ, o Exercício da Liderança para Conectar Gerações Pedro Salomão

11h10 – Mesa-redonda: Eventos de Massa •História da Construção de Eventos de Massa • Organização de Eventos de Massa – Luis Justo e Marcelo Alves

13h30 – Mesa-redonda: Liderança e Políticas Públicas •Liderança com Propósito •A Equipe de Vigilância de Alimentos de Porto Alegre Inserida nas Políticas do Sistema Único de Saúde – Keila Meireles Prates e Paula Marques Rivas

13h30 – Palestra: Melhoria da Qualidade de Produtos e Processos em Farmácias de Manipulação – Ivan da Gama Teixeira

13h30 – Palestra: A Emergência da Transmissão Oral do Trypanosoma Cruzi (agente etiológico da doença de Chagas) Ângela Cristina Veríssimo Junqueira

15h – Mesa-redonda: Desburocratização na fiscalização Sanitária • Inovação e Desburocratização no Serviço Público • Classificação de Risco e sua Aplicação junto a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável no Estado de Santa Catarina • Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) Digital – Márcia Farias Rolim, Raquel Ribeiro Bittencourt e Marcelo Felga

15h – Mesa-redonda: Reprocessamento de Produtos para a Saúde •Gestão de Qualidade: Um Olhar sobre a Central de Material e Esterilização (CME) •Atualização no Processamento de Equipamentos de Escopias – Maria Virgínia Godoy da Silva e Geisa Santos da Costa Reis Davel

15h – Mesa-redonda: Terapia Assistida por Animais ou Pet Terapia •Terapia Assistida por Cães: um Recurso Terapêutico nas Atividades Fonoaudiológicas •Terapia Assistida por Animais – Experiência do grupo INAATA •Terapia Assistida por Animais – Experiência do Hospital Albert Einstein – Viviane Fontes dos Santos, Cristiane Blanco e Carla Souza Behr Pitoli

QUARTA-FEIRA

9h – Mesa-redonda: Modelos de Construção da Rotulagem de Alimentos • Rotulagem de Advertência Frontal: Possibilidades e Desafios • Atuais Contribuições da Ciência do Consumidor para os Modelos de Construção da Rotulagem de Alimentos • Novas Tendências para Rotulagem de Alimentos Camila Maranha Paes de Carvalho, Ellen Menezes Ayres e Maria Cecília Cury Chaddad

9h – Palestra: Desafios no Controle da Salmonelose no Brasil Susana de Oliveira Elias<p class=”MsoNormal” style=”margin:0cm 0cm 0.0001pt;text-align…

[Mensagem cortada]  Exibir toda a mensagem