Paralisação à vista na Baía de Guanabara

Paralisação à vista na Baía de Guanabara

12 de julho de 2019 0 Por Francisco Avelino

Panfleto distribuído nesta sexta-feira alertou sobre a possibilidade de greve

(Foto: Reprodução/TV Globo)

O serviço de transporte de barcas pode sofrer uma paralisação nos próximos dias. Pelo menos é o que afirma um panfleto distribuído nesta sexta-feira (12) pela manhã nas estações de embarque e desembarque para os que fazem o trajeto entre o Niterói e o Rio de Janeiro.

Com o título: ‘A barcas vão parar. Alerta de greve’. O material atribuído aos Sindicatos de Marinheiros de Convés, Marinheiros de Máquinas e Condutores de Máquinas, afirma que após diversas tentativas de negociação, inclusive junto ao Ministério do Trabalho e ao Tribunal Regional do Trabalho, a empresa CCR Barcas não concede reajuste aos trabalhadores há 3 anos.  

“Desde já, lamentamos pedlos possíveis impactos negativos aos passageiros, mas não encontramos outra forma de defender a sobrevivência desses profissionais”, dizia parte do material distribuído.

Questionado, um dos sindicatos envolvidos, que não quis se manifestar oficialmente, confirmou que vai se encontrar com a CCR Barcas na próxima semana e que a greve ainda é apenas uma possibilidade.

A CCR Barcas, por sua vez, afirma que as negociações com alguns sindicatos do setor marítimo já foram concluídas e os acordos já foram celebrados, enquanto que com os outros o diálogo se encontra em curso. A Concessionária também disse que acredita que a conversa e o consenso. 

O Fluminense