Dois novos cursos da área de saúde reforçam o calendário de capacitação da Vigilância Sanitária

Dois novos cursos da área de saúde reforçam o calendário de capacitação da Vigilância Sanitária

junho 11, 2019 0 Por Francisco

Qualificação em boas práticas em comunidades terapêuticas é incluída na agenda anual de atividades fixas 

A Agenda 2019 de cursos gratuitos da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses do Rio tem duas novidades neste mês de junho: Boas Práticas Sanitárias em Comunidades Terapêuticas, no dia 12, e Boas Práticas Sanitárias em Serviços de Diálise, no dia 19. Com a grande procura, eles foram incluídos no calendário fixo de capacitações, todas elas com direito a certificação. A maioria deles acontece na sede do órgão, na Rua do Lavradio, 180, na Lapa. Mas para facilitar o acesso da população, a qualificação é também oferecida em diversos bairros, por meio das cinco inspetorias regionais de fiscalização sanitária, as IRFS. O cronograma das atividades e a cartilha com o conteúdo de todos os cursos estão em https://bit.ly/2I4zZOx. Os interessados em uma das 50 vagas que são disponibilizadas por turma devem se inscrever pelo e-mail geducavisa@gmail.com.

A responsável pelo curso de Boas Práticas Sanitárias em Comunidades Terapêuticas é a enfermeira Maria Claudia Ângelo, subgerente de instituições de longa permanência, de Home Care e de Comunidades Terapêuticas da Coordenação de Saúde da Vigilância Sanitária. Ela adianta que, somente este ano, mais de 300 pessoas foram capacitadas em aulas dinâmicas e esclarecedoras levada a Madureira e Campo Grande.

– As ações oferecidas nas comunidades terapêuticas são direcionadas a dependentes químicos de álcool, drogas e outras substâncias psicoativas. E nossa missão é orientar os profissionais que nelas atuam sobre os cuidados fundamentais no manuseio da alimentação, medicação e asseio dessas pessoas. Além dos donos das clínicas, há pacientes que procuram o curso em busca de conhecimentos e acabam se tornando sentinelas, compartilhando com companheiros de tratamento o conteúdo que aprendem na capacitação – explica Maria Claudia.

Capacitações – Somente em 2017, a Vigilância capacitou 13 mil pessoas, o dobro das 6.613 do ano anterior. Já em 2018, foram mais de 20 mil qualificados em 526 turmas de 14 modalidades. Esse ano há mais de 20 opções de cursos, e a previsão é a de ultrapassar a marca dos 24 mil capacitados, 70% na manipulação de alimentos, o carro-chefe do órgão. Os demais são profissionais dos segmentos de beleza, educação e produtos relacionados à saúde humana e animal (como pets, farmácias e consultórios médicos e dentários). Entre as novidades, há cursos de funcionamento de farmácias de manipulação; de controle de vetores e pragas urbanas; e o de adequação ao primeiro Código Sanitário do Município.

Na sede – Técnicos da Superintendência de Educação da Vigilância Sanitária se revezam nas aulas que contemplam os mais diversos públicos nas áreas de saúde, alimentos e zoonoses. Os encontros são sempre em dois turnos: manhã, das 9h às 12h e tarde, das 13h às 17h.

Dia 12 pela manhã – Noções Básicas de Higiene e Manipulação de Alimentos (turma para profissionais de restaurantes)

Dia 12 à tarde – Boas Práticas Sanitárias em Comunidades Terapêuticas

Dia 13 pela manhã – Orientações Técnicas para o Funcionamento de Farmácias de Manipulação

Dia 13 à tarde – Orientações Gerais para Atividades de Distribuidoras e Transportadoras

Dia 17 pela manhã – Embelezamento

Dia 19 pela manhã – Noções Básicas de Higiene e Manipulação de Alimentos (turma para profissionais da indústria)

Dia 19 à tarde – Boas Práticas Sanitárias em Serviços de Diálise

Dia 24 à tarde – Noções Básicas de Higiene e Manipulação de Alimentos (turma para profissionais de restaurantes)

Dia 25 à tarde – Curso Noções Básicas de Higiene e Manipulação de Alimentos (turma para ambulantes)

Dia 26 pela manhã – Boas Práticas na Esterilização de Artigos Médicos

Nas Inspetorias – Este ano, por conta da implantação do Código Sanitário do Município que vem exigindo capacitação de muitos segmentos, o curso de Manipulação de Alimentos nas inspetorias começou em maio. Veja abaixo o calendário atualizado para as aulas de junho que acontecem sempre das 9h às 12h:

1ª Inspetoria (Centro e Zona Sul) – Dias 14 e 19, na Avenida Pasteur, Urca.

2ª Inspetoria (Tijuca e adjacências) – Dias 14, 19 e 28, na Rua Conde de Bonfim, 764, prédio anexo, Tijuca.

4ª Inspetoria (Barra da Tijuca e adjacências) – Dias 11 e 18, na Avenida Ayrton Senna, 2.001, Bloco C, Barra da Tijuca

5ª Inspetoria (Bangu) – Dias 14 e 28, no auditório do Poupa Tempo do Shopping Bangu.