Vital Brazil quer iniciar produção de soros na África

Vital Brazil quer iniciar produção de soros na África

junho 6, 2019 0 Por Francisco

Instituto busca parceria para financiar fábrica no continente que registra mais de 30 mil mortes por picadas de animais peçonhentos

O Instituto Vital Brazil, vinculado à Secretaria de Estado de Saúde está expandindo suas fronteiras e buscando parcerias estratégicas para estudos e financiamento de uma fábrica antiveneno na África.

Instituto quer iniciar produção soros na África, onde são registradas anualmente mais de 30 mil mortes em decorrência de picadas de animais peçonhentos Foto: Divulgação

Completando 100 anos este mês, a instituição é pioneira na pesquisa e produção de soros para picadas de animais peçonhentos no mundo.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a população do continente africano sofre mais de 580 mil acidentes por ano, que deixa cerca de 450 mil pessoas com sequelas e leva mais de 30 mil à morte. Esses números inspiraram o instituto, que planeja atravessar o oceano com sua expertise. 

 “A OMS calcula 100 mil óbitos por picadas de cobras por ano no mundo. Comparativamente falando, é como se um boing caísse por dia, sendo que cerca de 30% desse número vem do continente africano. A nossa ideia é reduzir ao máximo este número”, informa Roberto Pozzan, diretor presidente do Instituto Vital Brazil.   PUBLICIDADE  

O secretário de estado de Saúde, Edmar Santos, acredita que o instituto pode ter um papel estratégico internacional.  

“É uma instituição com um século de inovação e pioneirismo na saúde e ciência no Brasil que agora está oferecendo seus serviços para o mundo com o intuito principal de qualquer um que trabalha com Saúde: salvar vidas”, afirma.  

O Flumiense